FECHADO PARA BALANÇO


Acredito que todo brasileiro deveria fazer isso neste ano que foi simplesmente o mais atípico dos últimos 10 anos, e olha que tivemos muita coisa acontecendo nesta ultima década.

Estamos vivendo um ano que a estiagem é recorde no brasil, tivemos uma copa do mundo no brasil que podemos dizer que foi mais um fiasco, cada dia que passa vemos surgir novos escândalos com nossos maravilhosos governantes. Enquanto isso o povo que deveria ser o único a zelar pela pátria fica escondido com medo pois de um lado temos aqueles que se acham todo-poderosos devido aos votos que receberam e de outro fica os que se acham todo-poderosos devido as armas que portam.

Leia o resto deste post

MEUS DETALHES IV (ultimo)


           Durante toda minha vida ganhei muita coisa, perdi algumas, mas em todos os momentos pude ver como meus amigos são importantes, uma amiga em especial, nunca me deixou sozinha, eu não preciso nem falar ela lê meu olhar, somos amigas desde os quatro anos e ela sabe tudo, absolutamente tudo sobre mim, não sei o que seria de mim sem ela. Além da família e dos amigos, tenho e tive os meus rolos como todo mundo, mas admito meu coração não leva o menor jeito no que faz, já corri atrás de quem não vai lembrar-se de mim, também de quem eu sabia que jamais iria dar certo, e ate mesmo de quem eu bem sei que nunca será meu por inteiro. Seja lá como for meu coração só dá trabalho, este ano ele foi capaz de me levar a tomar uma decisão por pura magoa; fui morar em Sorocaba com minha tia e minha mãe, ate que me adaptei bem só não posso dizer o mesmo de minha mãe, em 40 dias voltamos a morar em Limeira, foi só problema, e pretendemos morar aqui pelo resto de nossas vidas, afinal não foi fácil pôr tudo no lugar, me readaptar na rotina então, nem se fala, mas tudo voltou ao seu devido lugar, ate meus pais estão se entendo, como amigos, mas já é um grande avanço, e eu fico muito feliz por eles.

                Passo os meus dia assim como sempre foram, tranqüilos, leio meus livros, caminho aos finais de tarde, falo como as amigas e todo resto de sempre, mas agora mais madura, mais ciente dos meus atos e das conseqüências que eles podem causar, agora posso ver melhor as opções, não faço nada por impulso da raiva ou tristeza, ultimamente também não faço muita questão de agradar a todos, sou assim e ponto, gostem ou não, depois de ter feito tanta coisa por fazer ganhei mais força pra lutar pelo que EU quero, respeito mais as opiniões dos outros e sei que não preciso segui-las.

                Essa é a minha historia, fui eu mesma a cada linha, a cada palavra, e pessoa alguma tem o direito de criticar, pulei onde pude, cai onde não me restou alternativa e levantei quando tive forças pra isso. Aprendi com meus erros, mas ainda sim muito pouco pra alguém que ainda vai completar 19 anos, tenho uma vida inteira pra acertar, errar e aprender. Não vim ate aqui pra nada, tenho muito que fazer ainda, mas uma hora chego lá e quando chegar quero ter a certeza de que tudo foi feito como deveria e sem arrependimentos. Essa sou eu, Adriely Jhulie da Silva, 18 anos, limeirense com orgulho. E a são-paulina que tira todo mundo do sério.

MEUS DETALHES III


 

Jamais pense que esta tudo perfeito e que ira ficar assim, isso é ilusao. O ano de 2012 estava muito bem até junho quando minha mãe disse que não queria mais ser casada com o meu pai, foi uma pancada na cabeça ouvir tal noticia. Semanas depois recebemos uma ligação, meu avô iria se casar novamente, nessa hora eu quis sumir. Ele estava colocando outra no lugar de uma pessoa insubstituível. Fui ao casamento em Outubro, mas não posso dizer que foi lindo estava odiando estar lá, assim como odiei ter ido ao velório da minha avó, eu fui forçada a ir, minha vontade era guardar a lembrança dela ainda viva fazendo biscoitos comigo. Mas minha vontade por vezes é esquecida.

                Numa noite quente de novembro, minha mãe chegou da igreja e mandou que eu e meu irmão traçássemos de roupa pra ir à pastelaria, estranhamos o horário, mas não á questionamos. Ao chegar lá a pastelaria estava fechada então minha mãe avistou um ônibus, entramos nele por ordens dela, fomos parar na rodoviária. Meu irmão me olhava com medo e eu não sabia o que fazer. Fomos parar em Americana, logo em  Nova Odessa, passamos a noite na casa de uma tia e pela manhã fomos para Campinas de lá pegamos um ônibus para Sorocaba e minha mãe ainda pretendia ir para a chácara de uma tia em Angatuba, mas depois de muita conversa ficamos em Sorocaba na casa de uma das irmãs da minha mãe. Enquanto estávamos nessa loucura meu pai nos procurava, ele ligou em todos os lugares que fomos, mas minha mãe pedia para que ninguém dissesse onde estávamos, até meu celular ela tomou. Eu sabia que era mais uma crise, estava aflita, pleno mês de novembro, eu tinha aulas, meu irmão também só tínhamos a roupa do corpo, por diversas vezes meu irmão me perguntava “Por quê?” enquanto chorava, eu o abraçava e sempre dizia “ Vai ficar tudo bem”.

                Meu pai chegou a fazer boletim de ocorrência na Policia e como já passava 24 horas que tínhamos sumido a policia estava a nossa procura. Depois de muito falar minha tia á convenceu a voltar então ligamos para um tio que nos buscou, quando peguei meu celular de volta, desejei com todas as forças para ouvir a voz do meu pai, ele deve ter ouvido, pois o celular tocou pela milésima vez, eu atendi ansiosa, quando ouvir sua voz fiquei mais calma, sabia que as coisas voltariam ao seu lugar.

                Uma semana depois eles entraram com o pedido de divorcio. Não fiquei feliz, mais sei que foi melhor assim.

                Sempre entendi que coisas ruins acontecem para que enxerguemos as boas, foi no inicio da separação dos meus pais descobri a força das verdadeiras amizades, o que fez toda diferença para que eu não entrasse em depressão novamente. Pode não parecer, mas um dos meus maiores medos é cair no quarto no escuro e sombrio que um dia já cai, a sensação é de perder tudo, não ter a quem confiar e ter medo da própria imaginação, sim, já pensei em me matar, mas o amor pela vida e a fé me puseram de pé com toda força.


MEUS DETALHES – II

                Já era de se esperar que eu ficasse mal com a morte da minha avó, mas as coisas foram muito além do esperado. Eu tive uma semana difícil, em uma mesma semana a morte da minha avó, o meu aniversario de 15 anos e o inicio das aulas. No primeiro dia de aula eu tive uma crise nervosa, chorava muito e comecei a perder o ar, minha mãe me buscou mais cedo. Assim passei o ano letivo, faltava por semanas a fio e quando ia tinha crises nervosas ou passava mal do estômago; por causa dos acontecimentos entrei em um estado depressivo e desenvolvi uma gastrite nervosa.

                Passei a fazer do meu quarto meu refúgio, passava o dia trancada lendo, chorando, vendo fotografias ou simplesmente dormindo. Foi nessa época que ganhei do meu pai um DVD da dupla Maria Cecília & Rodolfo, da qual gosto muito, foi num dia em que voltei da escola mais cedo, encontrei o DVD na estante e como estava sozinha resolvi que ia assisti-lo, no começo do show a cantora sobe no palco e começa a chorar pela emoção do sonho realizado, ver essa cena me fez pensar num futuro melhor com mais amigos e menos solidão, foi ai que comecei a pesquisar tudo sobre eles, pra esquecer meu mundo escuro eu entrava no deles. Era uma ótima válvula de escape que hoje virou hobe.

                Reprovei o 1º ano do ensino médio, meus pais ficaram uma fera comigo e só então decidiram que eu precisava de ajuda, incrível como eles esperam eu reprovar de ano pra resolver alguma coisa; levaram-me a psicóloga no começo de 2011, ela me ajudou muito sou muito grata a ela, o ano de 2011 foi de muitas mudanças, mas agradeço a Deus por elas  terem acontecido. Me fizeram muito bem.

                Nesse mesmo ano mudei de escola, na escola que eu estava sofria bullying porque era fã de dupla sertaneja, porque era a mais falante da turma, porque ainda não tinha namorado, porque escrevia poesia, enfim sofria por ser quem eu sou. Deixei para trás as “Amigas” e os problemas e recomecei na escola nova, conheci novos amigos, esqueci o bullying e não troco aquela escola por nenhuma nesse mundo.

                Por causa de todo esse sofrimento aprendi a viver na defensiva, primeiro conheço as pessoas depois vou mostrando quem sou, meus  ideais e minhas vontades, mas tem pessoas nesse mundo que me fazem esquecer todos os medos e dizer até o que não pensavam em dizer ainda.

MEUS DETALHES


Eu poderia nesse momento estar fazendo mil coisas, mas resolvi por amor a mim mesma, que eu preciso falar deixar aqui minhas historia, meus sofrimentos e meus amores. Tenho e sempre tive problemas como qualquer outra pessoa, as vezes com medo as vezes com coragem, mas sempre eu os enfrentei.

                Eu fui um presente de aniversário de casamento dos meus pais nasci dia 16/02/95, mas meu pai só me viu como um presente depois do meu nascimento, antes disso ele já deixava bem claro que eu não era algo desejado por ele.

                Tive uma infância solitária ate os seis anos, eu brincava sozinha e só tinha amigos na escola ou na igreja, minha mãe não gostava nem um pouco de me ver com outras crianças, ela tinha medo das más influencias, em julho de 2001 nasceu meu irmão, no começo eu tive ciúmes como qualquer criança, mas hoje não vivo sem ele. Dez meses depois do nascimento do meu irmão, minha mãe acordou cedo começou a tirar de casa moveis, objetos da casa, brinquedos e roupas, os colocou em um terreno vazio do outro lado da rua e pos fogo em tudo, enquanto eu e me irmãozinho olhávamos  da calçada de nossa casa.

                Chegou o diagnóstico, ela estava com depressão pós parto. Foi um choque para a nossa família, ela não tinha condições de cuidar de nós, então ficou decido que por um tempo ela e meu irmão, ainda bebe, ficariam na casa de uma tia que poderia dar a atenção que os dois precisavam, eu passava a semana na casa de uma amiga da minha mãe e nos fins de semana eu e meu íamos vê-los. Os remédios que minha mãe passou a tomar eram fortes, a maioria calmante, então ela dormia muito, o nível de atenção para nós era muito pouco e o serviço da casa se acumulava. Os anos foram passando e o medico passou a diminuir as doses de calmante, mas nada é tão fácil assim, minha mãe é uma pessoa de muita fé e por isso pensava estar curada, parava de tomar todos os remédios e então surgiram os surtos. Cada surto se tornava pior com o tempo, o ultimo que ela teve no começo deste ano foi o pior, ela se comportou feito louca de hospício, teve de aumentar as doses de calmante de novo e foi diagnosticada com transtorno bipolar, já passamos por médicos diferentes pra saber o melhor tratamento, o ultimo disse que se ela parar mais uma vez com a medicação isso ira chegar em um estado esquizofrênico, do qual ela não terá mais volta de consciência. Isso tem tirado meu sono, mas eu sei como cuidar dela, isso me conforta.

                Como minha mãe não tinha muito tempo e paciência comigo, aprendi a confiar e me apoiar em minha avó materna que morava em uma cidade vizinha, nós duas erramos muito amigas, eu a amava muito, meus avós se mudaram pra uma cidade no estado de Minas Gerais, eu reclamava da distância, mas ainda estava bem. Numa certa manhã recebemos um telefonema dizendo que minha avó tinha tido um AVC (Acidente Vascular Cerebral), naquela hora parecia que uma faca atingia o meu coração, alguns meses se passaram e ela voltou a andar e a falar. Mas assim seria fácil demais, ela teve mais dois AVC’s e dessa vez não ela resistiu, ela faleceu dia 09/02/2010, justamente sete dias antes do meu aniversário de 15 anos.

Capítulo 28 – Esperar mata!


Quer se casar comigo?

relatos de ma vida 1Aquela pergunta ressoa até hoje em minha mente, e acredito que o momento que fiz tudo aquilo a mente dela também pirou, com toda certeza entrou em colapso, pois ela ficou por muito tempo parada olhando para minha cara não me respondia nada. Naquele momento o terror e o medo de ela dizer não foi tomando conta de toda minha mente e meu corpo, afinal este é o tipo de pedido que quando fazemos queremos faze-lo apenas uma vez na vida e eu tinha certeza que era com ela que queria ficar o restante da minha vida.

Após uma longa pausa que para mim mais pareceu 3 horas os lábios dela começou a se mover e antes mesmo de sair algum som eu na verdade já estava tremendo ainda mais, e só então quando eu na verdade consegui entender o som que saia da boca dela foi que comecei a saber o que realmente o que acontecia.

Meu amor – disse ela – esperava por este momento desde o dia que nos conhecemos, sabia que você muito mais que uma pessoa que esbarrei no cinema era a pessoa que grudou em mim para minha vida, assim como você conto cada segundo do dia para estar junto com você, para sentir seu cheiro e ouvir sua voz, eu aceito me casar com você!

5 veículos sinistros relacionados com histórias macabras


Confira alguns relatos cheios de mistério envolvendo carros, trens e embarcações.

Você já deve ter ouvido histórias sinistras envolvendo veículos misteriosos que surgiram do nada e desapareceram sem deixar vestígios ou que por algum motivo são amaldiçoados e provocaram desastres terríveis e a morte de pessoas. Na maioria das vezes esses contos não passam de lendas urbanas, mas nem por isso deixam de ser horripilantes.

O pessoal do site ListVerse publicou uma interessante lista repleta dessas histórias, envolvendo pessoas famosas, trens fantasma, situações sinistras e uma bela dose de mistérios que nunca foram solucionados. Selecionamos cinco delas, as quais você pode conferir a seguir, e contar para a gente nos comentários qual foi a sua favorita:

1 – O Volga maldito

Entre as décadas de 60 e 70 começou a circular na União Soviética a lenda sobre um Volga — o carro mais luxuoso disponível na região naquela época — preto que surgia do nada e abduzia criancinhas. Ninguém sabia dizer quem dirigia o tal carrão, mas alguns acreditavam que se tratava de monges, outros de que eram freiras, e havia quem jurasse que adoradores do Diabo estavam atrás do volante — ou até o próprio Satanás.

O Volga maldito contava com cortinas que ocultavam os ocupantes e, além de dar sumiço em crianças, provocava a morte — às vezes imediatamente, outras exatamente 24 horas após o encontro — de qualquer um que se aproximasse do veículo. Evidentemente, nunca ninguém conseguiu encontrar provas concretas sobre a existência desse carro sinistro, portanto o mistério nunca pôde ser desvendado.

2 – O ônibus fantasma de Londres

Embora pareça uma história tirada de um dos livros de Harry Potter, aparentemente a lenda do ônibus fantasma é bem conhecida pelos londrinos. Entre as décadas de 30 e 90 diversas pessoas afirmaram ter visto o tal veículo — um daqueles típicos ônibus vermelhos com dois andares —, identificado com a plaquinha indicando a linha 7.

Segundo os testemunhos, o veículo sempre aparece em algum ponto da cidade à 01h15min, sem motorista e dirigindo-se com os faróis apagados contra motoristas apavorados. Depois que as pessoas desviam abruptamente para evitar uma batida, elas alegam que o veículo simplesmente desaparece, e inclusive existe um acidente fatal que foi atribuído ao ônibus fantasma de Londres.

3 – O submarino alemão assombrado

Os submarinos eram tidos como armas poderosas durante a Primeira Guerra Mundial, e um dos mais perigosos eram as embarcações alemãs do tipo UB III. No entanto, uma delas — a U-65 — era especialmente temida, já que, desde a sua construção até os primeiros testes antes do lançamento, várias pessoas morreram em uma série de acidentes estranhos.

Contudo, mesmo depois de o submarino ser enviado à guerra, acidentes sinistros continuaram acontecendo, e em um deles — envolvendo a explosão de um torpedo — um oficial e oito membros da tripulação perderam suas vidas. Foi então que os marinheiros começaram a ver o fantasma do oficial perambulando pelo submarino, que não ficou por muito sozinho assombrando os vivos, pois outro evento bizarro resultou na morte do capitão.

Depois de todos esses acontecimentos a tripulação inteira decidiu pedir transferência, e a nova equipe só concordou em embarcar no submarino assombrado após um ritual de exorcismo. O procedimento não deve ter dado muito certo, pois alguns meses depois a embarcação explodiu sozinha durante uma missão.

4 – O Porsche assassino

O famoso ator norte-americano James Dean morreu em um trágico acidente de carro na década de 50. Dean conduzia o seu Porsche 550 Spyder quando o desastre aconteceu, e o carro acabou ganhando fama de ser assassino. Depois do acidente, o que restou do veículo foi comprado por um famoso customizador de Hollywood, que se propôs a restaurá-lo. Foi então que uma série de situações estranhas começou a acontecer.

Segundo os relatos, em uma ocasião o carro pegou fogo sozinho dentro de uma garagem, e em outra ele simplesmente desapareceu de um container trancado. Entretanto, apesar da má reputação, parece que as histórias macabras não passavam de rumores espalhados pelo próprio homem que comprou o Porsche batido, que queria lucrar com o veículo.

Contudo, existe mais uma anedota envolvendo o carro assassino. A morte de Dean supostamente foi prevista pelo ator Alec Guinness — o Obi-Wan Kenobi da trilogia Star Wars —, que disse ao amigo que se ele entrasse naquele carro estaria morto em uma semana. Segundo a lenda, o acidente de Dean ocorreu exatamente sete dias depois.

5 – O trem fantasma de Lincoln

Este talvez seja um dos veículos fantasma mais famosos da história dos EUA, e segundo a lenda ele é avistado todos os anos em abril, quando supostamente percorre 180 cidades norte-americanas. O trem nada mais é do que o veículo que transportou o corpo de Abraham Lincoln durante o funeral, levando o presidente morto em sua última viagem.

As pessoas que dizem ver o trem fantasma relatam que ele surge do meio de uma fumaça negra e que os relógios param em sua presença. Além disso, as testemunhas afirmam ver o caixão de Lincoln guardado por soldados e coberto pela bandeira dos EUA em um dos vagões, e apesar de o trajeto replicar o cortejo original — os 2.700 quilômetros entre Washington e Springfield, em Illinois —, o trem jamais chega ao seu destino final.

Capítulo 27 – O que é sempre é!


relatos de ma vida 1Foi o período mais difícil que já passei, ao ficar longe dela eu sentia que estava também longe de mim, foi então que resolvi lutar pelo que eu sabia que não só podia, mas deveria ser meu.

Tomei uma séria decisão: IRIA RECONQUISTA-LA a qualquer preço, e comecei a fazer isso, primeiro passo foi não alugar ou gravar, mas comprei o DVD do filme que assistimos em nosso encontro no cinema, mandei flores para ela por um dia inteiro, foram na verdade de duas em duas horas flores chegando no trabalho dela. esperei ela chegar a noite na casa dela e já combinado com a família dela que saiu toda e a deixou sozinha para que assistisse o filme cheguei na casa dela com um carro de som e mais rosas e chocolates.

Ao som da musica que estava tocando quando nos beijamos pela primeira vez (Temporal de Amor), eu li pra ela o que foi a primeira carta que escrevi pra ela, que aqui transcrevo:

Um olhar,
Um encontro
Um toque,
Uma carícia,
Um sentimento,
Um beijo

Duas vidas,
Dois corações,
Os olhares se encontram,
Uma transformação acontece
Quando um encontro acontece
Um toque se transforma em carícia,
Dois corações se aproximam,
Dois lábios que se tocam,
É um beijo que acontece,

Um sentimento se anuncia
Uma amizade se transforma,
Dois corações que se aquecem,
Dois apaixonados se encontram,
É o amor que acontece

Passa horas,
Passa dias,
Passa meses,
Passa céu,
Passa terra

Mas uma coisa acontece,
E o sentimento só aumenta,
É o desejo de estar ao seu lado,
É o desejo de te tocar,
É o desejo apenas de te ver mais uma vez

Passa momentos,
Tudo passa,
E eu…
Eu não passo,
Você não passa
Nós não passamos

Conto horas,
Conto dias,
Conto meses,
Conto céu,
Conto terra
Conto o tempo
Pra estar junto de você

Conto o tempo
Pra te ver
Conto o tempo
pra te dizer mais uma vez:
EU TE AMO!

E ao final disso tudo, quando vi que realmente eu havia feito a coisa certa, fiz o que eu já deveria ter feito ha algum tempo antes:

Quer se casar comigo?

10 fatos inusitados sobre os parques da Disney


O mundo encantado criado por Walt Disney guarda alguns acontecimentos estranhos e fatos não tão mágicos como suas histórias.

10 fatos inusitados sobre os parques da Disney

A primeira Disneylândia foi inaugurada em 1955 na Califórnia e, desde então, uma visita a esse e aos outros parques principais — nos Estados Unidos, Paris, Hong Kong e Japão — tornou-se uma espécie de marco na vida de milhares de crianças e também adultos, que voltam à infância em meio a um mundo encantado de atrações, personagens, brinquedos e lojinhas tentadoras.

A Disney também possui outros parques temáticos e resorts, que recebem uma multidão de turistas no ano inteiro. Com essas megaestruturas, é impossível manter a magia o tempo todo e alguns fatos curiosos acontecem nesses lugares. O site List Verse reuniu dez acontecimentos curiosos relacionados aos parques da Disney. Confira abaixo.

10. Mousewitz

Embora descrito por muitos visitantes como “o lugar mais feliz na terra”, essa fantasia da Disneylândia pode não se encaixar muito bem para os seus funcionários que se sentem escravizados no trabalho intenso. Em 2010, alguns trabalhadores da Disneylândia de Paris apelidaram o lugar de “Mousewitz”: um trocadilho do nome do personagem Mickey Mouse com o campo de concentração de Auschwitz.

Isso porque a carga de trabalho deles — que é bastante puxada e com poucas chances de crescimento — aumentou e houve acontecimentos trágicos. Nessa época, três funcionários cometeram suicídio, sendo que um deles, antes de se enforcar, escreveu uma mensagem em uma parede do parque dizendo: “Je ne veux pas retourner chez Mickey” (Eu não quero voltar para a casa do Mickey).

9. Reino Encantado do Sutiã


Quando foi inaugurada, em 1955, a Disneylândia tinha patrocínio de outras empresas para manter a rotatividade financeira. Um dos patrocinadores era uma rede de lojas de roupas íntimas que abriu uma filial dentro do parque.

Metade da loja era dedicada à venda de lingerie moderna, enquanto a outra parte continha um museu sobre a história da roupa íntima. Nessa parte, havia uma galeria com um boneco articulado vestido de mago vidente com um turbante, chamado The Wizard of Bras (“O Mágico dos Sutiãs”). Talvez por isso, ou não, a loja fechou em seis meses.

8. Homenagem póstuma

Pode apostar que tem muita gente por aí que deseja que suas cinzas sejam jogadas em um parque da Disney. Em novembro de 2007, câmeras de segurança flagraram uma mulher despejando uma substância desconhecida durante o passeio dos “Piratas do Caribe” no parque da Califórnia.

A polícia de Anaheim (cidade onde fica o parque) identificou a substância como restos humanos cremados. Algumas pessoas chegam a pedir à Disney uma permissão oficial para jogar as cinzas de mortos, sendo que o local mais procurado é a Mansão Mal-Assombrada, mas a resposta para os pedidos é sempre negativa.

7. Club 33

Dentro do parque da Disneylândia da Califórnia, existe uma rua dedicada à cidade de New Orleans. É nesse local que uma porta verde com o número 33 abriga um dos clubes mais elitistas e exclusivos de todo o mundo, com uma lista de espera de mais de 10 anos.

Club 33 foi a resposta de Walt Disney para os pedidos de uma sala VIP dentro do parque, que traz um bar requintado e um restaurante em uma mansão de estilo colonial. Este é o único lugar em toda a área da Disney onde o álcool pode ser comprado pelos associados. Há rumores de que Tom Hanks e Jack Nicholson já foram vistos por lá.

6. Gatos funcionários

Manter os parques limpos e organizados não é tarefa fácil. Talvez por isso, a Disneylândia conta com a ajuda de alguns felinos para caçar possíveis roedores de plantão. São cerca de 200 gatos selvagens, que vagam pelos parques durante a noite para perseguir todos os ratos — menos o Mickey, é claro. Vale ressaltar que os animais são bem tratados com alimentação e cuidados veterinários.

5. O fim dos Beatles

Brigas e traições marcaram o fim dos Beatles. Em 1970 o grupo acabou, mas as discussões litigiosas se estenderam até o finalzinho de 1974, quando houve a dissolução legal do quarteto. Em 29 de dezembro daquele ano, enquanto estava de férias no Polynesian Resort da Disney, na Flórida, com sua namorada da época May Pang (no ano seguinte ele se reconciliou com Yoko Ono), John Lennon finalmente assinou a papelada que definiu o fim dos Beatles.

4. Família Kim Jong

Durante décadas, os líderes da Coreia do Norte ficaram conhecidos por cometerem extravagâncias com dinheiro e diversão. Um exemplo mais recente é o atual líder Kim Jong-Un e seu irmão, Kim Jong-Chul, que visitaram a Disneylândia de Tóquio como crianças usando identidades falsas.

3. Richard Nixon

Um dos presidentes norte-americanos mais conhecidos, principalmente pelo caso Watergate, foi também um grande fã da Disneylândia. Richard Nixon visitou o parque da Califórnia pela primeira vez com a sua família logo após a inauguração em 1955. Mas a sua visita mais famosa foi no dia 17 de novembro de 1973, em um hotel da Disney World na Flórida, onde ele disse a frase: “Eu não sou um bandido”, tentando se defender das acusações de corrupção. Nove meses depois, ele renunciou a presidência dos Estados Unidos.

2. “Flash” Mountain

O nome verdadeiro da atração é Splash Mountain; entretanto, houve uma época em que os flashes da descida do barquinho, que cai na água, se tornaram alvos de nudez. Isso porque algumas mulheres começaram a brincadeira de levantar a blusa na hora que o carrinho faz a descida. É nesse momento que as câmeras da atração batem as fotos com as expressões das pessoas para serem vendidas na saída, como uma forma de lembrança divertida.

O problema dos “flashes obscenos” começou na década de 1990 e causou incômodo nos dirigentes e no público, pois a Splash Mountain é uma atração também para crianças. Porém, percebendo os fatos, logo a Disney passou a treinar os funcionários para eliminar as fotos e a frequência de aparições dos seios diminui.

1. Assédio dos bonecos

No calor do encantamento com o Mickey, Donald, Pateta e muitos outros bonecos, muita gente até esquece que dentro deles existe uma pessoa comum, de carne e osso, e hormônios que podem estar à flor da pele. E essas pessoas travestidas podem perder o controle, assediando os visitantes do parque.

Um dos casos aconteceu em 1976, quando uma mulher entrou com uma ação alegando que um dos Três Porquinhos a agarrou. Em 2004, o ator que se vestia com o personagem Tigrão (da turma do ursinho Pooh) foi absolvido da acusação de molestar uma menina de 13 anos de idade e sua mãe. E em 2011, a Disney resolveu fora dos tribunais um caso de uma mulher que afirmou que um homem em um traje de Pato Donald agarrou seus seios.

Entretanto, o contrário também pode acontecer. Em 2009, um visitante de 60 anos chamado John Moyer foi acusado por apalpar uma mulher que estava com o traje da personagem Minnie Mouse na Disney World.

Fonte List Verse

Ilustrações inéditas de Harry Potter feitas pela artista Mary GrandPré


As 16 imagens da coleção nunca foram publicadas anteriormente e revelam momentos importantes da série literária.

Uma série de ilustrações inéditas feitas pela artista Mary GrandPré para a série Harry Potter foi finalmente publicada na internet para os fãs matarem um pouco as saudades das aventuras do bruxinho de Hogwarts.

Mary GrandPré ilustrou as capas e os capítulos das edições americanas da série. Os seus desenhos foram utilizados também nos livros publicados no Brasil.

A artista era uma das privilegiadas que podiam ler os materiais de J.K. Rowling antes de todo mundo. A ilustradora recebia os textos e marcava as passagens que considerava importantes o bastante para merecerem uma ilustração.

GrandPré e Rowling não trabalhavam diretamente. A artista enviava suas ilustrações aos editores, e estes escolhiam quais desenhos iriam entrar nas versões finais dos livros.

Alguns desses trabalhos da artista acabaram ficando de fora das edições. Agora esses materiais podem ser conferidos na galeria abaixo.

3480535071813438 3480535071813440 34805350718134124 34805350718134147 34805350718134158 34805350718134210 34805350718134224 34805350718134235 34805350718134246 34805350718134256 34805350718134319 34805350718134332 34805350718134346 34805350718134413 34805350718134425 34805350718134438

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 84 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: